A ARTE DA CIVILIZAÇÃO EGÉIA

Por Ana Laura Bolson e Larissa Gonçalves

A arte da civilização egéia chama atenção principalmente por  sua arquitetura, a primeira descoberta artística desse povo foi o Palácio de Cnossos, na Ilha de Creta, o palácio apresenta uma planta bem evoluída, em torno de um pátio central, onde há várias salas conectadas, de modo que uma conduz a outra, o palácio possuía dois andares, mas havia capacidade para mais.

Os artistas cretenses, utilizavam da técnica do afresco, que consiste em aplicar cores diluídas na argamassa ainda fresca. Sua arte apresentava menos rigidez e mais mobilidade, com cores vivas e contrastantes, em figuras ágeis e leves, como animais, plantas, seres mitológicos, entre outros. Além de pinturas, foram encontradas, peças em ouro como vasos, armas.

Em 1400 a.c, Creta foi dominada pelos aqueus, povos vindos do norte, e a civilização que se desenvolveu em Micenas possuía muito da arte cretense, era comum encontrar pinturas de guerreiros, cenas de caça, e desfiles nas paredes dos palácios. Suas construções eram longas e retangulares feitas no interior de uma colina.

Na escultura micênica destacam-se os leões colocados na entrada principal do palácio, eram feitos de pedra e representavam os principais valores daquela civilização: força e agressividade. Pesquisadores acreditam que foram os micênicos que fizeram parte da guerra contra Tróia, na qual temos conhecimento por meio dos poemas escritos por Homero.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: