A ARTE NO EGITO

Por Ana Laura Bolson e Larissa Gonçalves

A arte egípcia, é uma arte voltada para morte, eles acreditavam que a vida após a morte era mais importante do que a que viviam no presente, por isso sua arte está presente em túmulos, estátuas e vasos deixados junto aos mortos, devido a isso suas principais construções eram mortuárias.

As pinturas seguiam padrões rígidos, entre eles, a lei da frontalidade, a qual determinava que as pessoas deveriam ser representadas com o tronco para frente e suas pernas,pés, braços e cabeça deveriam ser representados de perfil.

As esculturas no Antigo Império chamam bastante a atenção pela capacidade de transmitir a condição social do retratado, assim como sua fisionomia e seus traços raciais, um bom exemplo disso é a imagem de um escriba representado na sua função diária. A escultura egípcia buscava retratar deuses e os faraós em formas frontais estáticos e sem expressão facial.

Suas famosas pirâmides são na verdade casas mortuárias, inspiradas inicialmente nas mastabas, que são túmulos para as pessoas da classe alta,dessa forma, as pirâmides foram construídas para abrigar o corpo mumificado do faraó. Destaca-se também as esfinges, que eram colocadas na entrada das pirâmides com o intuito de afastar os maus espíritos, possuíam corpo de leão representando a força, e cabeça humana, representando sabedoria.

Um comentário em “A ARTE NO EGITO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: